terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

SOBRE O FURTO NA ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM FONTES


Vamos esclarecer uma coisa aqui..
Hoje estivemos na Escola Municipal Joaquim Fontes​ que fica no Karatê.
A Diretora Glória pode nos receber com calma, e contar tudo o que aconteceu.
Diferente do noticiado por aí, quem arrombou e roubou a escola foram cerca de 10 CRIANÇAS, onde o mais velho aparentava ter no máximo 14/15 anos (pasmem).
A diretora e mais duas pessoas que chegaram no local pegaram essas crianças no flagra, todos correram e conseguiram segurar alguns. Neste momento, os outros voltaram e ameaçaram com as facas da escola que estavam levando. Temendo pelo pior, a diretora liberou os que conseguiu segurar.

E a maldade com que todo o vandalismo foi feito dessa vez, impressionou.
Molecagem é subir no telhado pra pegar pipa. Molecagem é pular o muro da escola pra jogar futebol na quadra.
Mas o que fizeram dessa vez foi coisa de gente que tem o instinto ruim, de destruição mesmo.

Com muita tristeza, a equipe da escola estava fazendo um levantamento do que foi levado: e não foi pouca coisa. Não sobrou um prato de vidro da escola, e até todos os assentos sanitários dos banheiros foram levados. TODOS!
Isso foi o de menos. Levaram 2 panelas enormes, 1 panela de pressão de 50 litros, fardos de papel higiênico, de saco de lixo, de pano de chão, notebook,  ferramentas, garfos, colheres, facões, ventiladores, todas as bicas dos banheiros, pendrives com documentos importantíssimos e muuuitas outras coisas mais, o citado não é nem metade!
O que deu a entender, é que as crianças levaram e alguém recebeu isso tudo, pois foram várias viagens.
No momento a escola tá impossibilitada de oferecer almoço e muitos dos alunos que ali estudam, precisam dessa refeição.

Pedimos a compreensão e piedade de todos. A escola precisa recuperar os equipamentos e materiais que foram levados, porque a cada furto que acontece, se torna cada vez mais difícil. Caso saibam de alguém que esteja arrependido de ter roubado ou comprado, peça para devolver.

Não é possível que ninguém tenha visto ou tido contato com esses materiais. Não são agulhas. São panelas gigantes! São dezenas de prato gente!
E pelos fios que foram cortados de maneira correta, suspeita-se que havia um adulto no meio coordenando essas crianças.

O problema não é só dos pais dos alunos que ali estudam. O problema é de todos. Todos que veem e nada fazem, todos que se calam diante uma covardia dessa e todos que compram qualquer tipo de produto roubado..

O ataque à uma escola é a destruição do futuro de centenas..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a sua mensagem!
Em breve lhes daremos retorno.